Dizem que sexo e maconha são a combinação perfeita para orgasmos mais potentes, mas será que não há efeitos negativos? Além disso, será que a maconha se restringe completamente ao ato sexual?

Sabe-se que, atualmente, sexo e maconha têm sido um assunto relevante para os usuários e alguns pesquisadores, levantando pautas sobre a eficiência na hora da cama e muito além.

Inclusive, há relatos de usuários afirmando que, ao se fumar a erva antes do sexo, aumenta as sensações na hora do prazer.

Esse artigo foi elaborado para solver todas as dúvidas sobre sexo e maconha, além de contar sobre um novo mercado que vem surgindo: Produtos a base de maconha.

É Verdade que Sexo e Maconha Torna os Orgasmos mais Potentes?

Como dito anteriormente, estudos têm sido realizados sobre sexo, maconha e orgasmos. Um deles usou o vibrador inteligente, Lioness, para medir a potência dos orgasmos femininos durante os efeitos da maconha.

Além disso, durante a pesquisa, as participantes contavam sentir orgasmos mais longos e intensos, como por exemplo:

  • Contrações vaginais mais longas e intensas;
  • Os estímulos do corpo se tornavam mais reativos;
  • Sensação de orgasmos mais duradouros;
  • Sentir-se mais presente durante o ato sexual, tornando tudo mais forte;
  • Orgasmos se apresentaram mais satisfatórios (representando 53% dos relatos).

No entanto, os envolvidos dessa pesquisa ainda não chegaram a uma resposta plausível para o aumento dos estímulos sexuais após fumar um beck. Inclusive, acreditam que possa ser relacionado a liberação de canabinoides endógenos.

Por outro lado, os homens também possuem relatos e experiências sobre sexo e maconha que são no mesmo nível das mulheres que fazem o seu consumo.

Inclusive, alguns deles relatam que a experiência é quase tão boa quanto não usar camisinha e, além disso, abre possibilidade de estar aberto para novas experiências durante o sexo. Isso graças ao efeito de conforto que a maconha pode oferecer durante o sexo.

Você Sabia que Pessoas que Fumam Maconha Fazem mais Sexo?

De fato, o Journal of Sexual Medicine apontou, durante seus estudos na época, que usuários de maconha haviam feito 20% mais sexo que as pessoas que não fumam a erva, inclusive havendo usuários da pesquisa que relataram o aumento da libido.

Dessa vez, acredita-se que a libido pode aumentar devido ao THC da erva, que atinge áreas do cérebro ligadas ao desejo sexual, excitação e testosterona, segundo Jordan Tishler, presidente da Association of Cannabis Specialists e InhaleMD.

Na Hora do Sexo: Maconha ou Álcool?

Certamente há quem defenda que o álcool é um ótimo inibidor na hora do sexo e de fato é, mas não da maneira que essas pessoas imaginam.

Dessa forma, o álcool pode ser um excelente aliado para, por exemplo:

  • O mantimento de ereção é mais difícil e, inclusive, de surgir para os homens;
  • Em mulheres, a lubrificação e o orgasmo podem ser mais difíceis de serem alcançados;
  • Para ambos os sexos, a bebida causa a diminuição das reações do corpo, como a sensibilidade;
  • E senão o mais importante, a falta de capacidade para compreender e avaliar situações que possam surgir durante o ato.

Portanto, é melhor pensar duas vezes antes de defender o uso do álcool para a inibição sexual e conhecer um pouco mais do que a erva, como já explicado, pode trazer de vantagem no sexo.

Além disso, é importante ressaltar que, geralmente, quando se faz consumo de bebidas alcoólicas, as pessoas se encontram em lugares públicos e com mais possibilidades de parceiros sexuais.

Pensando nisso, as chances de misturar o álcool com sexo e haver o arrependimento depois é muito maior do que quem fuma maconha, visto que por não ser uma droga legalizada, a acessibilidade às pessoas diminui, além de não abrir chance para más escolhas devido ao álcool.

No entanto, a combinação de sexo e maconha pode trazer algumas desvantagens também durante o ato sexual e falaremos delas a seguir.

Sexo e Maconha: Os Efeitos Negativos

Alguns estudos concluíram algumas desvantagens no uso da cannabis em relação ao sexo, mas sabe-se que a maioria das pessoas não são afetadas. Essas desvantagens incluem:

  • O ressecamento das membranas mucosas, as que são responsáveis pela lubrificação;
  • Para homens que consomem maconha a longo prazo e em grande quantidade, pode acontecer da ereção ser comprometida;
  • Homens que costumam consumir a maconha diariamente podem sofrer de dificuldade para alcançar o clímax, assim como outros distúrbios, como ejaculação precoce.

Sabendo disso, é essencial que a maconha seja consumida com moderação.

Sexo, Maconha e Produtos a Base de Canabidiol

Atualmente, a combinação que muitas pessoas amam, sexo e maconha, chegou à outro nível com o surgimento de produtos a base de canabidiol, como por exemplo:

Inclusive, são produtos que:

  • Aumentam o desejo sexual;
  • Diminui a ansiedade;
  • Torna a estimulação mais eficaz.

Além de trazerem outras vantagens durante o sexo.

Aliás, são produtos que não alteram a consciência de quem os usa, oferecendo a possibilidade do consumidor ter maior controle sobre o próprio prazer e vida sexual.

Existem diversos produtos, principalmente para o público feminino, dando maior possibilidade de se alcançar o orgasmo e a satisfação na cama. Resultando em uma reputação feminina excelente sobre os produtos eróticos a base de CBD.

No entanto, os produtos abrangem muito mais que o mercado do sexo, servindo também, como exemplo, para alívio de dores. Podendo vir em forma de cápsulas, adesivos e até gomas.

Certamente o mercado da maconha medicinal, que é a base do CBD, vem crescendo mundialmente.

Sexo e Maconha: Experimente Hoje!

Como você pode perceber, sexo e maconha são a combinação perfeita para alcançar o orgasmo com mais facilidade e, além disso, aumentar a sensibilidade durante o sexo.

Inclusive, é uma enorme vantagem para quem precisa:

  • Controlar a ansiedade na cama;
  • Aumentar as reações corporais ao prazer;
  • Reconquistar o desejo sexual.

Mais importante, a maconha pode ser a condutor para uma melhor harmonia entre o casal durante o ato sexual, abrindo portas para novas experiências e conexão de ambos.

Portanto, se você é consumidor de maconha, mas ainda não experimentou os enormes efeitos positivos que ela pode proporcionar para o sexo, essa pode ser a hora de tentar!